Tuesday, March 1, 2016

~

ser na vida
projecto
do projecto 
que fomos
e acordar
um dia
sem nome
num lugar
desconhecido

procurar
as vestes
e as cores
que se não 
encontram
arrumadas

sair para a rua
sem esperança
e abraçar o mundo
todo
como da primeira vez
de tudo o que foi
primeiro

chorar de novo
a mágoa
repetida
e entrelaçar
nos dedos
os cabelos
da gente
antiga

partilhar
o silêncio crédulo
dos inquilinos
da rua
tragar com eles
do vinho acre
da descrença

relembrar
que a vida
é igual
para todos
à hora certa
das palavras
postergadas

dizer não
a quem se julga
maior

perder 
para ser
livre na fome
e reclusão

amar
a verdade

No comments: