Friday, December 7, 2012

~


não estou só
afinal
tenho a minha
solidão
e os meus receios
e interrogações
e o sentir
jorrante
de palavras
meias
com o dizer
que restou
e o amar
estro
que me detém
do modo sério
e unânime
de ser gente

,

porque no final
a mim pertenço 
e à minha 
presença
matinal 
e íntima
sem rosto lavado
nem perfume
odorante
do devir

.

No comments: