Saturday, September 22, 2012

~



foto retirada de www.olhares.com (link do autor)

~

quando a casa
que habitámos
como nossa
a nós surge
como estranha
e o amor
que soía ser real
se transforma
em lembrança 
estranha a nós
e aos que nela
habitam calados
e o respirar nosso
e tudo em nós
é indevido  

.

quando a verdade
pesa
e a nós foge
e o espanto
de ser já noite
porque noite
apenas
surge inadvertido

.

quando o coração 
não sabe já
aonde ficar

(...)

No comments: