Tuesday, September 18, 2012

~


tardou 
o tempo 
de resposta
e eu 
que esperei
tardei

com o tempo
na inquietude
e interrogação
do que sinto


:

não entendo
não compreendo
este motivo
a mais
além de mim
este querer
esta força

obstinada
que é desejo 
constante 
de partir
sem onde-alguém
em espera

.

a verdade dói

(...)

2 comments:

Ana said...
This comment has been removed by the author.
Ana said...

Tinha saudades deste tempo de aqui estar !